Acessos

Alunos
Hits: 51178

Espaço virtual de cada Turma

Professores
Aplicações
Hits: 51539

 
TProfessor

FTP

SMART Notebook Express

papercut
PaperCut 

Blogs ESL
Hits: 51638


Clube Multimédia da ESL

 blogbiblio

Saúde Escolar
Hits: 50549

 

Educação Física
Hits: 51658

Eco-Escola
Hits: 51076

Biblioteca
Hits: 51640

bibliotecaesl

 

Traz Paz
Hits: 31058

LOGO traz paz RED

Erasmus+
Hits: 30758

 

erasmus+ 

Newrónio
Hits: 21005

newronio2

Links


erasmus
 
Espaço reservado à participação da Escola Secundária de Lagoa em programas Erasmus+ 
Key Action 2: Cooperation for innovation and the exchange of good practices
 
 LEVEL: Looking for Enhancement of Virtual Environments for Learning
 GameON: Game-based learning in school education
 
Coordenador
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 
 

Erasmus + GameON - Glasgow

Os docentes da Escola Secundária de Lagoa deslocaram-se a Glasgow, na última semana de maio, para estarem presentes em reuniões no âmbito do Erasmus + Key action 2 “Projeto GameON”. O plenário ocorreu na Glasgow Caledonian University, local onde foram tomadas as últimas decisões em relação ao conteúdo final do livro sobre a exploração educativa dos videojogos na sala de aula. Neste momento, quase não existe informação sobre esta matéria, pelo que o livro pretende preencher este vazio. A publicação ocorrerá em versão digital e física, sendo a primeira gratuita. Estiveram presentes na reunião os representantes das Escolas Platão, da Universidade de Paderborn, da Glasgow Caledonian University e da empresa Ingenious Knowledge.

Glasgow

Este Erasmus, que agora se aproxima do seu final, foi possível graças à aposta feita pelo Conselho Executivo no programa Erasmus, à participação dos de vários docentes da nossa escola e à capacidade  técnica dos nossos Serviços Administrativos. Queremos deixar a todos o nosso mais sincero muito obrigado.

João Freitas

Coordenador do Projeto

Erasmus + GameON - Paderborn

 erasmus gameon

Vários docentes da Escola Secundária de Lagoa têm feito contribuições para o Erasmus + Key action 2 “Projeto GameON” que almeja a elaboração de um livro sobre a utilidade educativa dos videojogos com base em experiências de sala de aula e estudos académicos relativos à utilização deste tipo de média interativo em contexto educativo. No seguimento deste projeto, decorreram, entre os dias 17 e 19 de Maio, em Paderborn, reuniões de trabalho onde se analisaram as contribuições dos vários parceiros Erasmus para futura compilação. Além da Escola Secundária de Lagoa este projeto conta com a participação de especialistas na área das Escolas Platão, da Universidade de Paderborn, da Glasgow Caledonian University e da empresa Ingenious Knowledge.

João Freitas

Coordenador do Projeto

 

Erasmus +

Entre 28 janeiro e 2 de fevereiro decorreram, na cidade de Colónia, as reuniões de trabalho relativas aos projetos Erasmus + Key action 2 - Cooperation for innovation and Exchange of Good Practices relativas aos Projetos LEVEL, onde se está a desenvolver um videojogos para a aquisição de competências ao nível da Matemática e GameON, no qual se pretende a elaboração de um livro que almeja apoiar os docentes na introdução dos videojogos na sala de aula. São parceiros neste projeto a Glasgow Caledonian University(Escócia), a Universidade de Paderborn (Alemanha), a Ingenious Knowledge (Alemanha), as Escolas Platão (Grécia) e a Escola Secundária de Lagoa.

erasmus5

Neste momento o videojogo educativo já começa a tomar forma, prevendo-se uma versão melhorada para Abril, e o livro que pretende abordar as possibilidades didáticas dos videojogos na sala passou por um processo final de organização, tendo-se entrado numa fase de produção escrita sobre experiências de sala de aula com videojogos.

João Freitas

Coordenador dos projetos

 
 

PLAY&CODE

No âmbito da Code Week, que se realiza de 7 a 22 de Outubro, a Escola Secundária de Lagoa irá desenvolver uma atividade aberta a todos os seus alunos, na qual irão ser colocados computadores no hall da escola com o videojogo “Human Resource Machine”, que contém ideias básicas de programação. A atividade decorrerá entre as 10 e as 12 horas, no dia 18 de outubro.

playcode

Hiperligação do evento na codeweek.eu


Fotos da Atividade

 
"Certificado da atividade PLAY&CODE realizada no âmbito da CodeWeek no Hall da Escola Secundária de Lagoa."

CodeWeek

 

Erasmus+ LEVEL e GameON na Escola Secundária de Lagoa
 

Na semana de 2 a 6 de Outubro decorreram reuniões de trabalho relativas aos projetos Erasmus + Key action 2 - Cooperation for innovation and Exchange of Good Practices, uma relativa ao Project LEVEL, onde se está a desenvolver um videojogos para a aquisição de competências ao nível da Matemática e outra no âmbito do projeto GameON, no qual se pretende a elaboração de um livro que almeja apoiar os docentes na introdução dos videojogos na sala de aula. São parceiros neste projeto a Glasgow Caledonian University (Glasgow), a Universidade de Paderborn (Alemanha), a Ingenious Knowledge, as Escolas Platão (Grécia) e a Escola Secundária de Lagoa (ESL).

 cvideojogos

Estiveram presentes nestas reuniões vários docentes da nossa escola, como foram os caso dos professores João Freitas, Marco Medeiros, Artur Ferreira, David Rosa e Anabela Frias.

cvideojogos2

 No dia 3 de outubro ocorreu um Workshop, que foi organizado pelo docente de informática Artur Ferreira, onde vários alunos aprenderam as regras básicas de construção de níveis de videojogos com a orientação dos especialistas Rasmus Pechuel e David Farrell.

 cvideojogos3

 No dia 6 de Outubro teve lugar na Escola Secundária de Lagoa uma palestra relativa aos Videojogos na Educação, onde na sessão de abertura participaram, Alexandre Oliveira, Presidente do Conselho Executivo da ESL, João  Freitas, Coordenador dos projetos Erasmus na ESL e José Silva, docente de informática da ESL. A palestra teve como oradores principais os especialistas em videojogos David Farrell, Rasmus Pechuel e Spyridon Blatsios.  cvideojogos4

Nesta palestra foram apresentados textos originais, feitos de propósito para a mesma, da autoria de  grandes mestres da indústria dos videojogos, a pedido do professor universitário de Glasgow, David Farrell, que discursou sobre como começar a fazer videojogos. Ramus Pechuel falou de como entrar na indústria dos videojogos e Spyros Blatsios apresentou um exemplo de utilização de um videojogos no ensino da História.

Participaram turmas/alunos de várias Escolas Secundárias de S.Miguel, da Universidade dos Açores, do ENTA, estando ainda representantes de várias organizações, como foi o caso do NONAGON, onde decorreram algumas das reuniões de trabalho destes Erasmus e ainda muito outros participantes com forte ligação aos videojogos, às tecnologias e ao ensino em geral, como foi o caso da Cereal Games. Marcou também presença a Câmara Municipal de Lagoa, que muito apoiou este evento, tendo garantido o transporte dos visitantes, aquando da sua chegada, já tardia, no dia 1 de outubro.

A filmagem em stream da palestra, foi totalmente feita por alunos, podendo mais informação ser encontrada no Diário da Lagoa, que fez a cobertura do evento.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Coordenador do Erasmus+

na Escola Secundária de Lagoa

 
 
erasmus

Realizou-se nos dias 22 e 23 de fevereiro, em Katerini, na Grécia, mais uma reunião no âmbito do “Erasmus+ Key​ action 2 - Cooperation for Innovation and Exchange of Good Practices” - ​Project Level​, no qual estiveram presentes os docentes João Freitas, José Silva e David Rosa, da ​Escola Secundária de Lago, para colaborar no desenvolvimento de uma aplicação para dispositivos móveis que se espera que venha a facilitar a aprendizagem de algumas competências no âmbito da Matemática.

erasmus grecia

A escola anfitriã, ​PLATON M.E.P.E recebeu muito bem os docentes da Escola Secundária de Lagoa, dois representantes da Empresa alemã de desenvolvimento de aplicações pedagógicas, ​Ingenious Knowledge​, e o coordenador científico da universidade escocesa Glasgow Caledonian University.​

Os parceiros do Erasmus+ participaram numa reunião que teve na sua agenda a análise dos currículos de Matemática dos países participantes, identificação de dificuldades ao nível do ensino e aprendizagem da Matemática, seleção de conteúdos curriculares a focar no videojogo, análise do projeto de protótipo do videojogos e discussão das mecânicas do jogo (​game mechanics​), isto é, de como seria possível utilizar as regras intrínsecas do videojogo em desenvolvimento para resolver alguns dos problemas identificados pelas Escolas. O Coordenador científico, PhD David Farrell, cujo o currículo inclui vasta experiência no desenvolvimento de videojogos para Educação, os denominados “serious​ games​”, fez uma explanação de vários estudos no sentido de identificar pontos fundamentais a ter em conta no desenvolvimento do videojogo, alertando para potenciais problemas, fazendo transparecer que os videojogos na educação são uma área com vasto potencial, mas que ainda tem um longo caminho a percorrer, o que é no fundo a justificação para a existência do presente Erasmus+.

Galeria de Fotografias

João Freitas

 

 

 

erasmus

 

    A Escola Secundária de Lagoa (ESL) encontra-se a participar num “Erasmus+ Key action 2 - Cooperation for Innovation and Exchange of Good Practices”, denominado por Project Level (Looking for Enhancement of Virtual Environments for Learning), cujo objetivo é o desenvolvimento de um videojogo que auxilie o aluno na aprendizagem da Matemática e o docente no ensino daquela disciplina.

    Nesta empreitada a ESL irá colaborar com a escola grega, PLATON M.E.P.E e com a Empresa alemã de desenvolvimento de aplicações pedagógicas, Ingenious Knowledge, num projeto que possui a coordenação da universidade escocesa Glasgow Caledonian University.

     É uma oportunidade de aprendizagem e de envolvimento numa abordagem diferente à resolução das problemáticas associadas ao ensino da Matemática, disciplina muito desafiante em termos pedagógicos e didácticos, que muito tem a beneficiar com soluções alternativas que possam vir a contribuir para minimizar dificuldades de aprendizagem, sendo que neste caso particular existe o recurso a um mídia que os jovens normalmente gostam muito, os videojogos.

     A nossa intenção é envolver todos os que de uma forma ou de outra possam contribuir, sendo que neste momento contamos com uma equipa de Matemática, formada pelos docentes José Guilherme, Anabela Frias, David Rosa e José Carreiro (na foto, da esquerda para a direita); todos eles professores com muitos anos de serviço e percursos diversificados que irão, numa primeira fase, orientar o projeto em termos curriculares, para que o videojogo posso melhor responder às necessidades dos alunos e à realidade particular em que é aplicado.

erasmus2

    

      Em colaboração estreita com a equipa de Matemática estará o docente de informática, José Silva, que esteve em Glasgow com o coordenador do projeto, o professor João Freitas, numa reunião entre os vário parceiros do Erasmus+, que ocorreu no dia 10 de novembro de 2016. O professor José Silva encontra-se encarregue da gestão do processo de recolha e tratamento de informação, no sentido de facilitar a análise e interpretação dos dados pelos docentes de Matemática, assim como, pelos parceiros do Erasmus+.

     O Erasmus+ terá a duração de aproximadamente dois anos e será uma oportunidade para nós, uma região ultraperiférica, participarmos numa área de investigação recente, os videojogos na educação. Será um momento de aprendermos, de desenvolvermos novas competências pedagógicas e didáticas, que passarão por uma reflexão sobre uma forma diferente de aprender Matemática, mas também pelo domínio de diversas áreas tecnológicas e multimédia, que poderão desafiar vários elementos da nossa escola, docentes e alunos, com potencial benefício para todos.

     No segundo ano do projeto haverá o acesso ao protótipo do videojogo, o que trará uma nova dinâmica, havendo a oportunidade de docentes e alunos testarem aquele software dentro e fora da sala de aula, contribuindo para a sua eficácia e para o papel que este tipo de recurso pode vir a ter no Ensino. É um projeto que irá exigir crescimento da nossa parte, o que é muito positivo, pois estaremos a refletir, a aprender e a contribuir para o ensino e aprendizagem da Matemática.

João Freitas